área do associado
Notícias - CDL Goiânia

ComCDL - 29/07/2019

Dia dos Pais 2019 deve injetar mais R$ 63 milhões na economia goianiense


Mais de 48% da população da Região Metropolitana de Goiânia pretende presentear na data. Pesquisa mostra que o valor médio dos presentes ficou em R$ 152,05.

O Dia dos Pais 2019, comemorado no próximo dia 11 de agosto, deve movimentar R$ 63,450 milhões na economia goianiense, segundo Pesquisa de Intenção de Compras encomendada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia. O estudo aponta que 48,5% da população economicamente ativa da Capital, o que corresponde a 417 mil pessoas, pretende presentear na data e que o valor médio dos presentes será de R$ R$ 152,05. O trabalho foi realizado pela Grupom Consultoria Empresarial durante o mês de julho.

O trabalho mostrou que a maior parte dos consumidores que vai presentear este ano (59,6%) pretende comprar o presente à vista. A preferência pelo pagamento em dinheiro ou no cartão de débito tem sido percebida nas últimas datas comemorativas, como o Dia das Mães e Dia dos Namorados. Outros 35,7% dos consumidores escolheram o cartão de crédito como forma de pagamento. O que mostra também a evolução dessa forma de pagamento, com acréscimo de 10.7 pontos percentuais em relação à mesma data do ano passado.

Preço e atendimento
Os dados sugerem que, este ano, o consumidor está disposto a gastar o mesmo valor (45,9%) ou mais que no ano passado (26,3%). Mas, mesmo com a intenção de gastar mais, 66,2% dos entrevistados disseram que vão realizar pesquisas antes de adquirir o presente. Para 44,7% dos que pretendem presentear, o preço pode definir o local de compra. Porém, este ano boa parte dos consumidores (32,09%) também está atenta ao atendimento de qualidade. No ano passado, apenas 7,5% tinha essa preocupação.

Presentes
A exemplo do ano passado, a procura por roupas lidera a preferência para presentes, com 50% das intenções, seguindo-se perfumaria e cosméticos (29%), calçados (13,7%), acessórios (9,2%) e, celulares (2,6%). Destaque para perfumaria e cosméticos, que teve um acréscimo de 14.6 pontos percentuais – ano passado foi de 14,4%.

Local
A sondagem mostra que 96,2% das pessoas que pretendem presentear já sabem onde comprar o presente. Ao contrário do ano passado, a preferência é pelas compras em shoppings centers (60, 1%), o que representa um acréscimo de 14.7 pontos percentuais em relação a 2018 (45,4%).

Já 42,4% preferem as lojas de rua e, 8,4%, as compras feitas pela internet – aumento de 2.1 pontos percentuais em relação ao ano passado. Os mais presenteados serão os pais (61,9%), seguido dos esposos (26,3%), filhos (1,5%) e companheiros (0,5%). 

Confira dados da pesquisa:

Percentual que pretende presentear
2018 – 55,1%
2019 – 48,5%


Pessoas que vão presentear
2018 – 448 mil
2019 - 417 mil

Valor médio do presente
2018 – R$ 163,17
2019 – R$ 152,05


Valor que vai injetar na economia
2018 - R$ 73 milhões
2019 – R$ 63,415 milhões


Presentes
2018 - Vestuário (43,3%); Calçados (23,3%) e Acessórios (18,9%)
2019 – Vestuário (50%); Perfumaria (29%) e Calçados (13,7%)
 

Formas de pagamento (mais citados)
2018 – à vista, sendo dinheiro e débito (71,10%); cartão de crédito (25%); e crediário (2,4%).
2019 - à vista, sendo dinheiro e débito (59,6%); cartão de crédito (35,7); e crediário (1,3%).


Locais de compra - 96,2% já sabem onde vão comprar o presente.
2018 – 46,6% iriam comprar em lojas de rua, 45,4% em shoppings e 6,3% pela internet
2019 - 42,4% irão comprar em lojas de rua e 60,1% em Shoppings e 8,4% pela internet


Pretendem pesquisar preço
2018 – 77,2%
2019 – 66,2%