CDL Jovem de Goiânia promove Dia Livre de Impostos em postos de combustíveis

Maio 29, 2019

CDL Jovem de Goiânia promove Dia Livre de Impostos em postos de combustíveis

Ação será em cinco estabelecimentos de Goiânia, com descontos de 42% na gasolina comum em cima do valor da bomba, para pagamentos em dinheiro.

Para conscientizar a população sobre a alta carga de impostos e apoiar a simplificação tributária no Brasil, a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Goiânia (CDL Jovem) junto com o Sindiposto de Goiás, promove, no próximo dia 30 de maio (quinta-feira), a 13ª edição do Dia Livre de Impostos (DLI). Este ano, a ação será realizada em cinco postos de combustíveis da Capital, com descontos de 42% na gasolina comum em cima do valor da bomba, para pagamento em dinheiro.

Os estabelecimentos irão distribuir vouchers para número limitado de clientes. O encerramento da campanha ocorrerá quando esgotado o estoque de combustível promocional, o qual consiste exclusivamente em 2 mil litros de gasolina comum. O abastecimento será limitado a até R$ 50 por cliente ou veículo.

O principal objetivo da campanha é demonstrar os efeitos dos impostos no preço final de produtos e serviços. Durante todo o dia, lojistas de 18 Estados e do DF irão comercializar seus produtos e serviços sem repassar o valor da tributação no preço final para os clientes. Em alguns casos, os descontos podem chegar a 70% do valor final do produto. Em todo o Brasil, os segmentos participantes são os mais variados: supermercados, drogarias, shoppings centers, padarias, restaurantes, postos de gasolina e até concessionárias de veículos.

A presidente da CDL Jovem de Goiânia, Gabriela Moreira, ressalta que a carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo. Mas, apesar do valor recolhido, não há  retorno para o desenvolvimento do país. “A ideia do DLI é conscientizar o consumidor sobre a alta carga tributária e mostrar que os impostos estão embutidos em tudo que é utilizado no dia a dia. Além disso, que o preço final dos produtos é alto não por causa dos empresários e, sim, por conta da carga tributária”, diz.

Estudo

A carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo. Ela corresponde, em média, a 41,8% do rendimento bruto de cada cidadão. A tributação incidente sobre os rendimentos (salários, honorários, etc.) é formada principalmente pelo Imposto de Renda Pessoa Física, pela contribuição previdenciária (INSS, previdências oficiais) e pelas contribuições sindicais.

Levantamento inédito feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que 74% dos consumidores brasileiros não têm o hábito de procurar saber o quanto pagam de imposto ao adquirir um bem ou contratar um serviço. Apenas 26% das pessoas ouvidas reconhecem ir atrás desse tipo de informação na nota fiscal ou em outros meios.

 

Embora essa não seja uma tarefa comum na rotina dos brasileiros, descobrir o valor dos tributos sobre produtos do dia a dia é algo que está ao alcance da população. Desde 2013 uma lei federal estipula que os estabelecimentos devem informar na nota fiscal o valor aproximado dos tributos que incidem no preço final de um produto.

Serviço

Dia da Liberdade de Impostos (DLI)

Data: 30/05/2019
Postos participantes e horários:
Das 7 horas às 9 horas – Posto do Ratinho (Rua 85, Nº 1049, Setor Sul);
Das 9 horas às 11 horas – Posto Xodó (Av. 85, nº 2.890 – Setor Bueno);
Das 12 horas às 14 horas – Posto Z+Z (Av. 136 – Av. 136 Nº 1477, Qd. F42A Lt. 16E – Setor Sul);
Das 15h30 às 17h30 – Posto Moreira (Av. Assis Chateaubriand, Qd. R22, Lt. 10, Nº 2055, Setor Oeste);
Das 18h30 às 20h30 – POSTO Z+Z (Av. Consolação Qd. 3 Lt. 16, Vila Adelia I e III).