área do associado
Notícias - CDL Goiânia

ComCDL - 06/12/2018

Natal deve injetar R$ 281 milhões na economia goianiense


Pesquisa realizada pela Grupom mostra que 70% da população goianiense pretende presentear na data. O valor médio dos presentes ficou em R$ 123.

Pesquisa de Intenção de Compras encomendada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia mostra que 70% da população economicamente ativa da Capital pretende presentear neste Natal. O valor médio dos presentes ficou em R$ 123 (para cada presente), sendo que o gasto total para a data deve injetar aproximadamente R$ 281 milhões na economia goianiense – 1,42% a mais que no ano passado.

O trabalho, realizado pela Grupom, mostrou ainda que a maior parte dos consumidores (62,3%) que irão comprar presente este ano pretende pagar à vista (no dinheiro ou cartão de débito), a exemplo do que tem ocorrido ao longo do ano em outras datas comemorativas. Outros 34% escolheram o cartão de crédito como forma de pagamento e outros 0,6%, o crediário.

Das pessoas que vão presentear, 81,3% sabem onde comprar o presente. Desse total, 86% afirmaram que farão as compras em lojas físicas e, 26%, pela internet. A pesquisa revelou que    . Além disso, entre os itens que podem definir a compra estão preço (57,2%); atendimento (34,3%); qualidade (30,2%); comodidade (24,8%) e localização (18,9%).

Entre os que vão presentear, os presentes mais citados foram vestuário (31%); brinquedos (13%); perfumaria (11 %); calçados (7%); e joias e assemelhados (8%).

Confira dados da pesquisa

- 70% da população economicamente ativa de Goiânia pretende presentear neste Natal;
- A maioria (62,3%) quer pagar em dinheiro;
- O valor médio de cada presente ficou em R$ 123;
- 86% farão as compras em lojas físicas e, 26%, pela internet;
- 51,9% pretendem presentear os filhos; 42,1% os pais e 39,9% marido e esposa;
- Vestuário foi o presente mais citado (31%).